O roteiro da vida




Sente-se e assista, você está diante de um espetáculo, algumas vezes ela é dramático, outras vezes venturoso, não importa, aquilo que você está assistindo é um filme, nada mais do que isso, você é apenas um espectador e não precisa, portanto, impressionar-se com o roteiro. O roteirista já escreveu um final feliz, pois tudo conspira para o melhor, tudo tem uma razão de ser, mesmo que você desconheça e esteja revoltado, tudo tem um objetivo elevado, voltado para o seu despertar. Como dizia o sábio escritor Fernando Sabino: “No fim tudo dá certo, se ainda não deu certo é porque não chegou ao fim”.

Acredite na impermanência, se está difícil para você, o problema não está nos acontecimentos, está em você. Se a vida não ficar mais fácil, é você que precisa ficar mais forte, esse é o objetivo, sempre foi, pare de reclamar e agir como uma criança mimada, levante e ande! Observe que o Universo estará sempre te obrigando a lutar contra os seus pontos fracos, por isso você será provocado o tempo todo, não penser que terá paz, pois a inércia jámais lhe trará paz, você precisa combater o bom combate.

Tudo irá resolver-se quando você deixar de envolver-se emocionalmente com o enredo. Você ainda está no estágio das emoções, tudo você qualifica de forma emocional, seja com ódio, com revolta, com indignação ou qualquer outra emoção de baixa qualidade.

As emoções estão em um patamar que precisa ser superado e não há meios de dominá-las sem passarmos pelas provocações da Vida. Os homens, em sua grande maioria, ainda estão presos nessa fase, não perceberam que precisam subir esse degrau, pois o próximo estágio é o dos sentimentos. Precisamos aprender a sentir e o sentimento mais poderoso a ser despertado é o amor.

Para expressar esse amor que está na essência do próprio ser, o homem precisa criar as condições para isso. Terá que confiar, aceitar, compreender e se entregar de corpo e alma às proposições do Universo. Agir como um pássaro, que para aprender a voar deverá lançar-se no vazio, aprender que o crescimento, antes de tudo, é um ato de fé. Só através da fé poderemos descobrir a nossa Verdadeira Natureza. Não importa o tamanho do seu problema, eles retratam apenas os conceitos existentes em seu ser, pois é, justamente, através daquilo que você acredita que acontecem problematizações. Por exemplo: se você se julga fraco, incapaz, impotente ou frágil, estará construindo uma experiência pobre e limitante, por isso todas as forças do Universo estarão agindo no sentido de desconstruir esses conceitos. A Vida não dará trégua. Você será lapidado pelo sofrimento até conseguir despertar o brilho que existe em sua essência.

O seu programa mental precisa ser atualizado, você assimilou muitas mentiras sobre si mesmo e hoje expressa um conjunto de características na sua personalidade que não servem para o seu Bem Maior.

Volte no tempo, aprenda com os estoicos, eles sempre estiveram ao lado da Verdade. Não podemos lutar contra o determinismo universal, não podemos lutar contra a natureza, seria como uma folha – que sendo levada pela correnteza – tenta opor-se ao movimento do rio.

Estamos aqui para aprender, só isso, principalmente aprender a desaprender. Pode parecer estranho, mas nada daquilo que julgamos ser verdadeiro é de fato real. O tempo todo nos norteamos por crenças, assimilamos ideias e com isso permanecemos adormecidos. Durante milênios fomos compelidos a racionalizar e tudo aquilo que não pudesse ser dominado pela ciência foi tratado como profano. O que existe de mais maravilhoso em você sempre foi tratado como algo que deve ser negado.

A Vida é um espetáculo maravilhoso, mas a sua beleza será revelada aos poucos, de acordo com o seu avanço. Para a grande maioria, ela ainda é como um filme complexo, que seria muito bem apreciado por pessoas sensíveis e intelectuais, no entanto, segue sendo assistido por aqueles que não compreendem a profundidade do roteiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aprenda a calar a boca!

Captação Psíquica

Os chakras e o sintema endócrino