Aprenda a calar a boca!




Aprenda a ficar quieto. Não existe nada mais belo do que o silêncio. Os homens são muito barulhentos e o barulho expressa insegurança. Falar sem parar é algo doentio, denota desespero e fraqueza. Seja belo, enfrente esse vício, pois enquanto você estiver dando azo a essa insanidade, continuará sendo repelido por todos. 

Ninguém gosta de tanta conversa, pois, uma vez que os diques que controlam o inconsciente são liberados, um conjunto de rejeitos represados são despejados. Ninguém quer ser um cesto de lixos emocionais de ninguém. Nenhuma orelha é pinico.

Você gosta de falar sem parar e não percebe que não consegue controlar o material que está despejando encima dos outros. Pode começar bem, de forma simpática e agradável, mas aos poucos, com certeza, estará falando mau dos outros e reclamando das suas dificuldades. Ninguém quer ouvir isso! Cale a boca e controle-se. Deixe o silêncio trazer a tona o melhor de você, deixe que as pessoas possam sentir-te antes de ouvir-te. 

Quanto mais ouvimos, mais aprendemos, por isso, faço minhas as palavras do ilustre escritor Rubens Alves: 

“Sempre vejo anunciados cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória. Todo mundo quer aprender a falar. Ninguém quer aprender a ouvir. Pensei em oferecer um curso de escutatória. Mas acho que ninguém vai se matricular. Escutar é complicado e sutil…"

Ninguém vai mesmo! As pessoas estão preocupadas em compartilhar as suas mazelas a todo custo, como se o outro estivesse interessado. Ninguém está interessado nos seus problemas, cresça e enfrente-os, ficar falando aos quatro cantos de suas angústias é usar mecanismos de fuga. Você precisa olhar para dentro e se for dialogar com alguém, faça isso com a sua própria alma, quem sabe essa aproximação consigo mesmo não lhe traga o autoconhecimento que poderá transformá-lo. 

Colocar nos ombros dos outros esse peso que você não quer carregar é próprio das pessoas fracas. Você se considera uma pessoa fraca? Incapaz? Acredito que não, ninguém é, no entanto, você está agindo de maneira covarde, mesmo que não perceba.

Aprenda com Mestre dos Mestres a dizer sim, sim e não, não, pois de fato, todo o resto tem uma procedência duvidosa. 

Todo o Poder da natureza revela-se em silêncio, desde o fio de um cabelo crescendo até o movimento das esferas. Deus é o próprio silêncio que existe em tudo, inclusive em nosso próprio ser.


Autor: Paulo Tavarez
   
Terapeuta Holístico, Palestrante, Musico, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define.
Eu sou o que Eu sou!

E-mail: paulo.tavarez@cellena.com.br






Comentários

Últimos artigos

Captação Psíquica

Desperte o Leão que existe em você

Plenitude

Tudo está em você