sexta-feira, 19 de julho de 2019

Erre e seja você


Autor Paulo Tavarez - paulo.tavarez@cellena.com.br

O problema não é errar. O problema é como você processa o erro. Não existe erro, existe a expressão da sua vontade e ela é sagrada. Não podemos dizer que o leão erra quando mata e se alimenta das vísceras de uma zebra, ele não errou, ele expressou o que ele É. Quando você se entrega às suas inclinações está fazendo o mesmo, afinal, essa é a sua idade astral. Não é um erro, é apenas você. Por que culpar-se, qual a razão para tanto remorso? Esse é você, aceite, com o tempo, muitas coisas irão mudar, você irá expandir a consciência e aquilo que hoje é uma necessidade amanhã não será, pronto, é simples assim. 

As pessoas processam as suas atitudes segundo os conceitos sociais, conceitos que são quase sempre criados a partir de um senso comum, conferidos pelas tradições, reforçados pelas religiões e filosofias diversas, não deveria ser assim. Não deveríamos negar a nossa vontade e nos ajustarmos a um mundo doente, cheio de regras e normas religiosas ou atávicas. 

Ninguém precisa ser o que não é, o caminho é aceitar-se e permitir-se. Aos poucos a compreensão se expande e nossas  ações serão outras. Não precisamos de nenhuma doutrina que possa nos amputar, não precisamos ser o que não somos, precisamos entender, e o entendimento é algo que deve ser alcançado através do amor. Basta  não fazer ao outro o que não queremos para nós. Qual é a graça em vivermos assim, nascendo únicos e morrendo cópias?

O homem veio aqui para enfrentar, única e exclusivamente, a si mesmo. Não há nenhum problema nisso. A ordem cósmica se encarrega do resto, não há erros, não há crimes, toda a dinâmica Universal segue uma lógica que desconhecemos, não estamos no controle de nada. Deus não escreve certo por linhas tortas, escreve certo por linhas certas, é a nossa visão que é torta. Quando a nossa visão deixar de ser cartesiana e transformar-se em uma visão sistêmica, que transcende o tempo e o espaço, tudo ficará mais claro. Quando entendermos que ninguém é vítima de nada, que não há algozes, tudo irá se encaixar. Nenhuma folha cai de uma árvore sem a vontade de Deus.

Errar faz parte do processo, é algo natural. O que não devemos fazer é tratar os nossos atos como pecado, crime, deslize, nada disso, agimos de acordo com o nosso nível de consciência. Precisamos desconstruir conceitos e olharmos o mundo com os olhos de uma criança.

Pare de culpar-se, esse é o primeiro passo. Você não pode ser o seu maior problema, não deve se transformar no seu maior inimigo, você é um aprendiz, qualquer ato seu reflete aquilo que você É. Não se preocupe com julgamentos e nem tente ser aquilo que você não é para ajustar-se aos padrões externos. Você é você e isso é maravilhoso!

Como poderia agir de outra forma se o mundo é feito de vontade e expressão como bem nos ensinou o filósofo Shopenhauer?

A vontade é a fonte de tudo e ela promana do nosso corpo causal. Processar no corpo mental, de forma negativa, aquilo que somos é uma sandice.

O corpo mental exerce um domínio sobre as nossas emoções e cria registros emocionais inadequados que deverão ser resolvidos a seu tempo.

Estamos aqui para aprendermos, através da aceitação, do perdão, da confiança, da humildade a nos aceitarmos. Torna-te quem tu és, já dizia Nietzche. Não queira ser algo que não esteja em  sintonia com a sua vontade, com a sua verdade, seja você, pronto, tudo estará resolvido. O Universo se encarrega do resto.

Não existem seres maus, o mau é um conceito, tudo é divino e maravilhoso como dizia o poeta baiano.

Seja você, pois tudo aquilo que você tenta ser através uma disposição equivocada de pertencer a esse mundo doente, não deixa de ser um equívoco. Você já é tudo aquilo que tenta realizar, só não sabe disso ainda, portanto, erre, pois quem acerta só confirma o que já sabe.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultimo Artigo

O que o Yoga não é

Yoga significa união. A raiz “jug” da palavra em sânscrito, significa jungir (unir). O propósito do yoga é a união com o Absoluto, a re...

Últimos artigos