sexta-feira, 19 de julho de 2019

Você não está no controle




Acredite... 
Você não controla nada, não seja presunçoso; na verdade, você nunca esteve no controle, por mais que possa parecer estranho, tudo o que você fez, até hoje, foi reagir, negar, fugir e criar dificuldades para si mesmo. 

Na verdade, você só atrapalha, pois a vida é incontrolável, a própria ideia de controle é uma ilusão; não há o que controlar, estamos aqui apenas para testemunhar um processo, deixar a Natureza agir e nos rendermos ao Absoluto. Infelizmente, insistimos em combater a realidade, negar o aprendizado e lutar contra os fatos. Com isso, acontece uma separação forçada e um falso eu é criado (ego). Esse opositor torna-se uma estrutura de conflito dentro do próprio ser e sem perceber, passamos a viver uma vida dual, lutando contra si mesmo. 

O mito do anjo caído é isso, nos rebelamos e passamos a disputar com Deus, que nesse contexto, está representado pela realidade. Satan, em hebraico, significa adversário. Nos tornamos esse adversário de nós mesmos, pois passamos a nos opor aos acontecimentos e lutar contra os imperativos da existência que, na verdade, representam a Vontade de Deus. Essa Vontade se revela através de provas que precisam ser vividas e dos desafios que precisam ser superados. Qual é objetivo de tudo isso? Apenas promover o despertar da Consciência, pois enquanto estivermos identificados com esse ‘eu’ rebelde, estaremos adormecidos. 

A vida, no entanto, alheia a tudo isso, segue com a sua lógica evolutiva, obedecendo programações que desconhecemos. É justamente no processo de enfrentamento destas forças que nos desenvolvemos. Não há melhor analogia para a condição humana do que a de um aluno diante de lições. 

Ainda acreditamos infantilmente que nossas reações representam aquilo que chamamos de livre-arbítrio. Não há livre-arbítrio, só existe uma vontade em curso e essa vontade será atendida, com ou sem a anuência do nosso ego opositor, portanto, a melhor forma de evitarmos o sofrimento é aceitando, confiando e nos rendendo humildemente a essa Vontade. Quando o próprio Cristo pediu para que fosse afastado dele um cálice de sofrimento, não deixou de dizer, que, no entanto, deveria ser realizada a vontade do Pai em detrimento da dele. 

Essa força é o seu Eu Superior, a Fonte, seu Self, Deus, dê o nome que quiser, mas pare de pensar que é o seu ego medíocre, pois esse personagem criado jamais estará no controle de nada. Essa Força pensa em uma outra esfera. Caetano chamava de "Força Estranha" e ele tinha razão, é totalmente estranha a nós. 

É claro que eu respeito o seu direito de acreditar que está no controle. A vida permite que você brinque de senhor do próprio destino, faz parte do jogo. Na verdade, haverá sempre um momento certo para a mudança, a consciência se expande paulatinamente, pois a Natureza não dá saltos. É razoável que você pense assim e me julgue insano. 

Diante de todo esse enunciado, podemos concluir que a Vida se resume em enfrentar e destruir um falso eu, ou seja, tudo aquilo que iremos enfrentar em nossas vidas será o próprio ego. Cada ser humano, nessa terra de feras, terá como missão, justamente, enfrentar o seu próprio ser. 
Acredite, para o seu próprio bem, você nunca esteve no controle!




Autor: Paulo Tavarez
   
Terapeuta Holístico, Palestrante, Musico, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define.
Eu sou o que Eu sou!

E-mail: paulo.tavarez@cellena.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultimo Artigo

O que o Yoga não é

Yoga significa união. A raiz “jug” da palavra em sânscrito, significa jungir (unir). O propósito do yoga é a união com o Absoluto, a re...

Últimos artigos