Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2019

Levanta e anda!

Imagem
Não há nada que você possa fazer para alcançar a plenitude, pois a plenitude é uma característica da própria Consciência, ou seja, a plenitude é você. Não é algo a ser conquistado, mas a ser reconhecido. 

Você vive em busca da perfeição e vive cobrando-se, afinal, precisa realizar as expectativas de si mesmo. Tenta criar um sol dentro dessa caverna em que você vive e não percebe que seria muita mais fácil sair dela e sentir o sol já que existe lá fora. Vive como um peixe procurando pelo oceano e não percebe que o único problema que está enfrentando é a própria ignorância. Como solucionar isso?

É simples, pare de imaginar-se perfeito, a perfeição já é um atributo da sua Verdadeira Natureza. Você acha mesmo que Deus, sendo perfeito, criaria algo imperfeito? Não meu amigo, tudo já está pronto e realizado, não há nada que você possa fazer para melhorar, você já é uma obra que reflete a imagem e perfeição do Criador. Quando você não se aceita, sem perceber, não está concordando com essa o…

Os mansos herdarão a Terra

Imagem
Se partirmos dessa premissa cristã, parece que poucos herdarão a Terra, pois quando olhamos para a humanidade, tudo que podemos perceber é que são raras as pessoas que são mansas e pacíficas, na verdade, sobra violência. Pessoas estressadas, nervosas, intransigentes e intratáveis estão em grande número e representam, com certeza, a maioria. 
A grande verdade é que poucos reunirão condições de pertencer a esse planeta sem degradá-lo, especialmente se ele tornar-se um lugar melhor como previsto em tantas tradições religiosas. 
O estágio atual da humanidade é o da ignorância e o que é pior: eles se orgulham disso. Parecem estar perfeitamente ajustados às suas vaidades e pouco importam-se com a Verdade. Querem permanecer nas sombras, nutridos por prazeres doentios e desenvolvendo-se de forma negativa. Não conseguem pensar de forma sistêmica, integrativa, deste jeito, não sabem o que é fraternidade, por isso, estão muito distante de entender o que é amar uns aos outros.
O homem hodierno, p…

A vida é um espetáculo

Imagem
Sente-se e assista, a Vida é um espetáculo, algumas vezes ela é dramática, outras vezes venturosa, não importa, aquilo que você está assistindo é um filme, nada mais do que isso, você é apenas um espectador e não precisa, portanto, impressionar-se com o roteiro. O roteirista já escreveu um final feliz, pois tudo conspira para o melhor, tudo tem uma razão de ser, mesmo que você desconheça e esteja revoltado, tudo tem um objetivo elevado, voltado para o seu despertar. Como dizia o sábio escritor Fernando Sabino: “No fim tudo dá certo, se ainda não deu certo é porque não chegou ao fim”.
Acredite na impermanência meu amigo, se está difícil para você o problema não está nos acontecimentos, está em você. Se a vida não ficar mais fácil é você que precisa ficar mais forte, esse é o objetivo, sempre foi, pare de reclamar e agir como uma criança mimada, levanta e anda!
Tudo irá resolver-se quando você deixar de envolver-se emocionalmente com os enredos. Você ainda está no estágio das emoções. …

O Caminho é um só

Imagem
 "Quando o sol bater na janela do teu quarto, lembra e vê que o caminho é um só". 
 Renato Russo

Renato Russo tinha razão, o caminho é um só. Não existem vários caminhos só existe um. Existem sim, várias formas de percorrê-lo, mas não há como criar um novo caminho. 
O caminho, a que me refiro, faz parte da saga de todo ser humano, é justamente a senda da auto realização; aquela que todos buscam, mesmo que inconscientemente, e está cada vez mais claro que não há meios de alcançar esse objetivo sem o desapego e a renúncia de si mesmo. Ninguém estará livre desse enfrentamento. 
Enquanto o indivíduo estiver imerso na ilusão e na ignorância, o Universo estará conduzindo o seu destino, ensinando lições e criando provas. A cada passo, novas conquistas; a cada obstáculo, um novo avanço. O Universo expressa toda a sua perfeição e misericórdia por intermédio de Leis que são eternas e imutáveis. O homem está inserido dentro de uma lógica voltada para o seu despertar e aquele que compree…

Perdoar é humano, não ofender-se é divino

Imagem
Algumas pessoas dizem que já perdoaram, quando na verdade, apenas esqueceram. Elas inconscientizaram um evento, com toda a sua importância, carregado de carga afetiva e pensam que o assunto já está resolvido. Não percebem que esse conteúdo engavetado na alma segue vibrando com toda a sua intensidade e, com isso, permanece vivo e operante, interferindo nas escolhas e respostas emocionais daqueles que insistem em nutri-los. A falta de perdão alimenta distúrbios e promove desvios comportamentais, pois criamos tendências negativas que acabam consolidadas em vícios mentais.

O homem expressa de forma recorrente tudo aquilo que não perdoou. Seja por meio de reações intempestivas, de fobias injustificáveis, de angústias desconhecidas e muitas outras distonias. Tudo isso acontece em função dos combustíveis emocionais que animam eventos mal elaborados pela consciência em determinadas experiências do passado.
É claro que nos esquecemos. Afinal, o cérebro precisa processar experiências novas, mas…

Nunca houve nada de errado contigo

Imagem
Seu problema é a imaginação, só isso. Você não consegue ser quem você é, então começa a imaginar-se outra pessoa. Você está sempre imaginando-se mais poderoso, bonito, próspero, popular, etc. e não consegue perceber que, com isso, entra em um mundo imaginário. Você simplesmente deixa de pertencer a realidade e passa a flutuar no samsara como uma pena conduzida pelo vento das circunstâncias. Deixou de viver no coração, onde está o trono do ser, para viver na mente, onde reina o demônio do ego. 
O coração é representado em grandes mitos, como a Ítaca de Ulisses, o Shangrilá perdido, a Casa do Pai, o Velo de ouro, o graal de Percival, etc. É o lugar de descanso do guerreiro, é a fonte da juventude, o verdadeiro Reino de Deus. 
O coração é a fonte da Verdade e do Real, quando nos distanciamos dele entramos na toca do coelho, mergulhamos em no reino de Alice, onde só sairemos com grandes enfrentamentos de nós mesmos. 
O primeiro sintoma daquele que se abandona é justamente esquecer quem d…