O mundo acontece para você!




Mil vão estar à sua direita dizendo o que você deve fazer. Dez mil estarão à sua esquerda dizendo o que você não deve fazer. O grande problema é que o único que será responsabilizado pela escolha será você. Ninguém vai sofrer por você, ninguém vai assumir o prejuízo, portanto, pare de acreditar naquilo que dizem e aprenda a se bancar. Contudo, isso só é possível com autoconfiança. Você terá que aprender a acreditar em si mesmo, descobrir-se, investigar-se, começar a fazer perguntas que nunca fez e ouvir as respostas da própria alma.

Siga o exemplo da criança: ela aprende a andar através de sucessivos tombos, seguindo os próprios instintos, as instruções do adulto pouca ajuda trazem ao processo, pois tudo depende dela, serão necessárias inúmeras tentativas e erros. Ela terá que aprender a confiar em si mesma.

Todos os nossos tombos são necessários. Os erros, na verdade, são os nossos verdadeiros professores, não precisamos de outros mestres, a menos que queiramos carregá-los dentro da gente, pois é isso que representa o conhecimento: acreditar naquilo que dizem, escrevem, professam etc.. Acreditar, nesse sentido, é carregar o outro dentro da gente.

O crente carrega o seu guru dentro de própria cabeça. A cada escolha ele irá escutar a sua voz. Isso acontece tão automaticamente que ele nem percebe, acredita que as escolhas foram dele. 

Estou dizendo tudo isso para você, mas não quero que você acredite, pois eu sou apenas mais um voz na sua cabeça. Saia da cabeça, aprenda a sentir, escute a sua voz interior e descubra a fonte de toda a Verdade. Busque essa fonte e se as minhas palavras fizeram sentido para você, trate-as apenas como placas que indicam uma direção, não fique jamais parado diante delas. Se eu não sigo nenhum pastor, da mesma forma, não quero pastorear ninguém. A fonte é você, tudo está em você, nada precisa ser melhorado, você já é o Alfa e o Ômega de todo esse cosmo. 

Enquanto você não aprender a seguir o próprio caminho, enquanto estiver sendo conduzido por palpites e recomendações externas, você estará perdido. 

Mude isso, caro amigo, seus pés já conhecem o caminho, entregue-se e não se deprecie, pois existem duas faculdades em seu próprio Ser que nunca erram, são elas: a intuição e o instinto. Essas duas forças representam o cordão de Ariadne que irão mostrar a saída deste labirinto mental. Essas faculdades podem também simbolizar a voz e o cajado do Senhor no Salmo 23, aquele que nunca o abandona, mesmo no vale das sombras e da morte.

Não queira conduzir nada, pois o seu ‘Verdadeiro Eu’ nunca saiu do lugar, sempre foi o mundo que movimentou-se diante dele. O mundo sempre esteve aos seus pés, o problema é que você se imaginou parte do mundo e não percebeu que era apenas um espectador de tudo. 

Você não pode ser aquilo que acontece e aquele que está testemunhando o acontecimento ao mesmo tempo. Pense nisso!


Autor: Paulo Tavarez Terapeuta Holístico, Palestrante, Musico, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define.
Eu sou o que Eu sou!
E-mail: paulo.tavarez@cellena.com.br

Comentários

Últimos artigos

Captação Psíquica

Desperte o Leão que existe em você

Plenitude

Aprenda a calar a boca!