A inveja é uma m...




O inferno tá cheio de gente invejosa. O inferno é o lugar deles, pois para merecerem estar em melhores ambientes eles teriam que desenvolver a coragem. Todo sucesso, toda conquista e qualquer possibilidade de alcançar uma condição próspera - lembrando que prosperidade não é apenas riqueza - vai depender desta virtude: a coragem.

A inveja é oposto da coragem. Aqueles que sentem inveja são os mesmos que gostariam de realizar o que foi realizado por outra pessoa mas não tiveram coragem pra isso, portanto, o invejoso é, antes de tudo, um covarde. A alma desse infeliz entra em curto circuito ao perceber-se limitado, inferior, incapaz, menos criativo, mais feio, etc. É um sentimento tão perverso que o incauto sente um ódio terrível pelo outro e, ao mesmo tempo. por si mesmo. Ele não percebe o estrago que está cometendo no próprio ser e nem avalia o impacto energético negativo que irá mexer com toda a sua frequência vibratória a ponto de colocá-lo em sintonia com as faixas vibratórias mais pesadas da natureza. É desta forma que ele acaba sendo conduzido ao inferno, pois o abismo em que mergulha está relacionado aos sentimentos que ele estiver destilando.

O emoção que domina o invejoso é o ódio. Ele odeia o sucesso alheio, ele odeia a beleza do outro, ele não suporta a felicidade dos guerreiros e para impedir tudo isso, ele irá empreender ações destrutivas, das mais variadas, para impedir que o outro de destaque. Ele não percebe a sucessão de equívocos que comete.

O invejoso nunca olhou para si, vive com os olhos voltados para o mundo que o rodeia e não entende que o caminho da realização não está fora, mas dentro dele mesmo. Apenas observando os próprios parâmetros internos, buscando descobrir-se e conhecer-se é que ele saberá o precisa construir ou desconstruir em si mesmo.

O homem expressa aquilo que o mundo, de certa forma, escreveu dentro dele, portanto, qualquer possibilidade de melhorar-se exigirá uma releitura de si mesmo.

O invejoso está em uma cruzada insana contra a realidade, não tem a humildade necessária para aplaudir o êxito alheio e quando o faz, quase sempre, está sendo falso. 

Podemos reconhecer um indivíduo assim pelo olhar, pois os olhos não mentem, o corpo estará sempre sendo sincero e retratando, através da própria fisiognomia, todas as características físicas de um invejoso. Os olhos são gordos mesmo, pois parecem inchar de ódio quando percebem a ascensão do outro. 

Só a coragem pode mudar esse cenário, no entanto, para desenvolvê-la, o indivíduo terá que se apoiar em outras virtudes indispensáveis: a humildade, a confiança e a alegria. 

A primeira é o ajudará a reconhecer os próprios limites e promover mudanças em seu programa de crenças. A segunda irá tirá-lo do controle, forçá-lo a render-se, entregando-se de braços abertos aos impositivos da Vida e fazê-lo-a voltar-se pra si. A terceira só poderá manifestar-se quando houver aceitação e uma profunda reconciliação consigo mesmo.

Esses movimentos irão despertar o guerreiro que existe dentro dele, pois o peito, antes murcho, irá encher-se de coragem para alcançar aquilo que avalia impossível.

Batei e abrir-se-vos a, dizia o Mestre. Tudo é possível para quem tem coragem. Henry ford dizia: “Há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam!”.






Autor: Paulo Tavarez Terapeuta Holístico, Palestrante, Musico, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define.
Eu sou o que Eu sou!

Comentários

Últimos artigos

Captação Psíquica

Desperte o Leão que existe em você

Plenitude

Tudo está em você